Transferência USP

Grupo de Estudos Transferência USP – GETUSSP. Site especializado no exame de transferência da USP desde 2000.


Informações gerais da FUVEST para Transferência USP

O Conselho de Graduação da USP aprovou, por meio da Resolução CoG nº 7045, de 19.03.2015, publicada no D.O.E. de 21.03.2015, Seção I, pág. 69-70, as normas, programas e vagas para a etapa de pré-seleção de candidatos à transferência externa de estudantes universitários para os cursos de graduação da USP.

A segunda etapa do Processo ocorrerá nas Unidades (Escola, Faculdade ou Instituto) que mantêm os cursos pretendidos pelos candidatos selecionados nesta etapa de pré-seleção. Para tanto, consultar o edital específico da Unidade que mantém o curso pretendido, no site www.prg.usp.br, a partir de 27.03.2015.

As vagas disponíveis para o 2º semestre de 2015 e para o 1º semestre de 2016, por meio da etapa de pré-seleção, encontram-se relacionadas no Anexo II da citada Resolução e no Manual do Candidato, a ser divulgado no site www.fuvest.br.

Para a etapa de pré-seleção haverá 513 vagas, assim distribuídas:

- Cursos da Área de Biológicas: 94 vagas
- Cursos da Área de Exatas: 321 vagas
- Cursos da Área de Humanidades: 98 vagas

Prova de pré-seleção

A prova de pré-seleção consistirá de 80 questões, em forma de teste de múltipla escolha, cada uma com 5 alternativas. A prova terá a seguinte composição:

Área Prova (quantidade de questões)
Biológicas Língua Portuguesa (24)

Língua Inglesa (12)

Bioquímica (22)

Genética (22)

Exatas Língua Portuguesa (24)

Língua Inglesa (12)

Matemática (22)

Física (22)

Humanidades Língua Portuguesa (34)

Língua Inglesa (12)

Cultura Contemporânea (34)

 

A prova será realizada no dia 03 de maio de 2015 (domingo), em endereços a serem divulgados no dia 24 de abril de 2015.

Instruções para realização da prova

– Chegada do candidato ao local de prova: 12h30, quando serão abertos os portões do prédio.

– Início da aplicação da prova: 13h, quando serão fechados os portões do prédio.

– Duração da prova: 4h.

– Não será permitido o ingresso de candidatos após o fechamento dos portões.

– Cada candidato deverá levar seu documento original de identidade (com foto) e caneta esferográfica de tinta azul ou preta. Lápis e borracha poderão ser utilizados para rascunho.

– Durante a prova, são vedadas a comunicação entre candidatos e a utilização de qualquer material de consulta, eletrônico ou impresso, e de aparelhos de telecomunicação.

Inscrição

Para se inscrever no processo de pré-seleção, o candidato deverá inicialmente acessar o site www.fuvest.br e cadastrar-se em “Usuários”, caso não tenha se cadastrado na Fuvest anteriormente.

Na inscrição à prova, também pelo site da Fuvest, o candidato, na condição de “Usuário”, indicará o curso pretendido e um dos nove seguintes municípios para realizar a prova: Bauru, Campinas, Lorena, Piracicaba, Pirassununga, Ribeirão Preto, Santos, São Carlos e São Paulo. As escolhas de curso e de local de prova não poderão ser alteradas posteriormente.

O pagamento da taxa (R$ 145,00) deverá ser efetuado na rede bancária até a data-limite de 14.04.2015, indicada no boleto que será gerado ao final da inscrição e poderá ser impresso pelo candidato.

Calendário

– Solicitação de redução de taxa de inscrição (ver normas, instruções e procedimentos ao final deste Informe): de 23 a 27.03.2015.

– Inscrição para a prova de pré-seleção (tanto para ingresso no 2º semestre de 2015 como no 1º semestre de 2016): 02 a 13.04.2015.

– Data-limite para pagamento da taxa (R$ 145,00): 14.04.2015.

– Divulgação dos endereços dos locais de prova: 24.04.2015.

– Prova de pré-seleção pela Fuvest: 03.05.2015.

– Divulgação dos resultados da pré-seleção, com a lista dos convocados para a 2ª etapa: 15.05.2015.

– Entrega de documentos dos convocados pela pré-seleção nas unidades da USP: 21 e 22.05.2015.

 

Redução de Taxa de Inscrição

A Superintendência de Assistência Social da Universidade de São Paulo (SAS/USP) comunica as normas para a solicitação da redução de taxa de inscrição no Processo de Transferência USP 2015/2016, a ser realizado pela Fuvest.

  1. Das solicitações

– Os interessados em pleitear redução da taxa de inscrição, nos termos da Lei Estadual 12.782, de 20.12.2007, devem inscrever-se acessando o site da Fuvest http://www.fuvest.br de 23 de março (segunda-feira) até 27 de março de 2015 (sexta-feira) e preencher a ficha apresentada pelo programa.

– Os documentos que comprovem a situação declarada pelo candidato deverão ser enviados à sede da Fuvest, para análise da SAS/USP e eventual atribuição dos benefícios previstos em Lei, acompanhados da ficha preenchida, impressa e assinada e de cópia simples do CPF (Cadastro de Pessoa Física), do RG (Cédula de identidade) do candidato, comprovante de escolaridade e comprovante de residência.

Serão aceitos documentos que sejam comprovadamente postados até o dia 28.03.2015 (sábado), devendo constar no envelope:

 

 

Transf 2015-2016

Fuvest – Fundação Universitária para o Vestibular

Rua Alvarenga, 1945/51

Cidade Universitária

CEP 05509-004

Butantã, São Paulo, SP.

 

– Para efeito de comprovação de que o solicitante está estudando, deverá ser enviada:

– Cópia de declaração de matrícula em curso de graduação no ano de 2015.

– Para efeito de comprovação dos rendimentos, serão aceitos os seguintes documentos:

– Cópia do contracheque ou recibo de pagamento por serviços prestados ou envelope de pagamento ou declaração do empregador, referentes ao mês de fevereiro de 2015;

– Cópia do extrato de rendimentos fornecido pelo INSS ou outras fontes, referente à aposentadoria, auxílio-doença, pensão, pecúlio, auxílio-reclusão e previdência privada, referentes ao mês de fevereiro de 2015. Na falta destes, extrato bancário identificado, referente ao mês de fevereiro de 2015, com o valor do crédito do benefício;

– Cópia de recibos de comissões, aluguéis, pró-labores e outros referentes ao mês de fevereiro de 2015;

– Cópia de comprovante de recebimento de pensão alimentícia. Na falta deste, extrato ou declaração de quem a concede, especificando o valor, referentes ao mês de fevereiro de 2015;

– Cópia de comprovantes de benefícios concedidos por programas sociais como, por exemplo, bolsa-escola e cheque-cidadão, referentes ao mês de fevereiro de 2015;

– Declaração assinada pelo próprio candidato, para autônomos e trabalhadores em atividades informais, contendo as seguintes informações: nome, nº do documento de identidade, atividade que desenvolve, local onde a executa, telefone, há quanto tempo a exerce e renda bruta mensal em reais, referente ao mês de fevereiro de 2015.

– Serão considerados “desempregados” os candidatos sem trabalho em todo o período de 12 meses anteriores à solicitação. Para comprovação, serão aceitas:

– Cópias dos recibos de seguro-desemprego e do FGTS;

– Cópia dos documentos de rescisão do último contrato de trabalho, mesmo que temporário. No caso de cópia do contrato em carteira de trabalho, anexar, ainda, as cópias das páginas de identificação;

– Declaração, assinada pelo próprio interessado, contendo as seguintes informações: nº do documento de identidade, qual a última atividade, local em que a executava, renda mensal obtida, por quanto tempo exerceu tal atividade e data do desligamento.

– O candidato que não apresentar os documentos requeridos nos artigos 3º, 4º ou 5º não terá sua solicitação analisada.

  1. Da divulgação de solicitações deferidas e dos procedimentos operacionais para inscrição ao Processo de Transferência Externa USP 2015-2016.

– A partir do dia 02.04.2015 (quinta-feira), o candidato poderá saber, consultando o site da Fuvest, se recebeu redução de taxa de inscrição.

– Os candidatos beneficiados com redução de taxa deverão efetuar sua inscrição eletrônica, pelo site da Fuvest, ao Processo de Transferência USP 2015-2016 no período de 02 a 13 de abril de 2015 e efetuar o pagamento da taxa reduzida, utilizando-se do boleto bancário gerado nessa inscrição.


Edital e vagas publicados para 2015/2016

PRÓ-REITORIA DE GRADUAÇÃO

Resolução CoG-7045, de 19-03-2015

Estabelece normas e programas das matérias objeto de avaliação para a etapa de Pré-seleção de candidatos que desejam transferência para cursos de graduação da USP, no 2º semestre de 2015 e no 1º semestre de 2016, e estabelece normas gerais para o exame da segunda etapa O Pró-Reitor de Graduação da Universidade de São Paulo, tendo em vista o disposto nos artigos 77 e 78 do Regimento Geral da USP e considerando o deliberado pelo Conselho de Graduação, em Sessão de 19-3-2015, baixa a seguinte Resolução:

 

I – Das Disposições Gerais

Artigo 1º – Nos termos dos artigos 77 e 78 do Regimento Geral da USP (Resolução 3745, de 19.10.90), após a seleção para transferência interna, serão colocadas em transferência, de um curso para outro da USP e de outras instituições de ensino superior do País ou do exterior para a USP, para 2º semestre de 2015 e 1º semestre de 2016, 548 vagas, conforme Anexos II e III, cujo preenchimento ficará condicionado à aprovação, em concurso de transferência, que se regerá pelas disposições desta Resolução.

  • 1º – O exame será dividido em duas fases: a Pré-seleção, de caráter geral, a cargo da FUVEST e a Seleção, com base em conteúdos específicos, sob responsabilidade das diversas Unidades da USP.
  • 2º – O presente edital rege o exame de Pré-seleção e determina disposições gerais para o concurso de transferência.
  • 3º – As Unidades da USP, que participam deste concurso de transferência, publicarão até o dia 27-03-2015 seus respectivos editais com informações a respeito das provas de Seleção.

Artigo 2º – Cabe à FUVEST a responsabilidade de receber as inscrições, organizar a elaboração das provas, proceder à aplicação, à correção das referidas provas de Pré-seleção e ainda enviar a lista de classificados às Unidades participantes deste concurso de transferência.

  • 1º – A FUVEST acolherá a inscrição somente de candidatos ao ingresso nos cursos da USP e que participam do concurso de transferência, conforme a relação constante do Anexo II desta Resolução.
  • 2º – A FUVEST será responsável pela divulgação, aos interessados, de todas as informações prévias e posteriores, relacionadas à etapa da Pré-seleção do concurso de transferência.
  • 3º – Para cobrir os custos referentes à Pré-seleção do concurso de transferência, a taxa de inscrição, a ser recolhida pelos candidatos à FUVEST, foi estipulada em R$ 145,00.

Artigo 3º – Nos termos da Lei Estadual 12.782, de 20-12-2007, fica assegurado o direito de inscrição, no Processo de Transferência, com pagamento de 50% da taxa, aos candidatos, estudantes do curso superior, que percebam remuneração mensal inferior a 2 (dois) salários mínimos ou estejam desempregados.

  • 1º – A concessão da redução de taxa prevista neste artigo está condicionada à apresentação pelo candidato de: (I) comprovante de renda ou (II) declaração, por escrito, da condição de desempregado.
  • 2º – Tendo em vista que a inscrição para o Processo de Transferência se fará por meio eletrônico, via internet, os documentos discriminados no § 1º deverão ser enviados à sede da FUVEST, situada nesta Capital, na Rua Alvarenga 1945/1951, Cidade Universitária, CEP 05509-004, São Paulo, para análise e consequente validação da inscrição.
  • 3º – O estudo das condições socioeconômicas dos candidatos será realizado pela SAS – Superintendência de Assistência Social da USP e os resultados homologados pela FUVEST.
  • 4º – Será eliminado do Processo de Transferência, sem prejuízo de outras sanções cabíveis, a qualquer tempo, o candidato que tenha obtido a redução do valor da taxa de inscrição de que trata este artigo, por meio fraudulento, através de documentos que não refletem a realidade dos fatos, redução embasada em falsa declaração ou por qualquer outro meio que evidencie má-fé.

II – Das Inscrições e Documentos Necessários

Artigo 4º – Podem se candidatar à transferência os alunos regularmente matriculados, no ano 2015, em cursos de graduação de qualquer instituição de ensino superior, inclusive da USP.

  • 1º – Os candidatos matriculados em cursos sequenciais estão desqualificados.
  • 2º – Poderão candidatar-se alunos que tiverem trancado sua matrícula no curso de origem, desde que no momento da futura transferência de sua matrícula para a USP comprovem estar regularmente matriculados naquela instituição de origem.
  • 3º – Os candidatos aprovados na Pré-seleção, que não apresentarem a documentação exigida pela Unidade, no respectivo edital de transferência, dentro do prazo estipulado, serão eliminados das provas de Seleção.

Artigo 5º – O candidato de outra nacionalidade, que não brasileira, deverá apresentar a cédula de identidade de estrangeiro emitida por autoridade brasileira que comprove sua condição, temporária ou não, de permanência no País.

Artigo 6º – O candidato deve indicar um único curso para transferência e declarar, no ato de inscrição, que tem conhecimento do respectivo edital da Unidade responsável pelo curso.

Parágrafo único – Após a inscrição, não serão aceitos pedidos de mudança de curso, qualquer que tenha sido o motivo.

III – Da Prova de Pré-seleção

Artigo 7º – O exame de Pré-seleção constará de prova que avaliará os conhecimentos do candidato nas várias matérias, no nível correspondente ao que é ministrado no ano inicial de cursos de graduação. Essa prova, independentemente do curso desejado pelo candidato, será constituída sempre de 80 (oitenta) questões, tipo teste de múltipla escolha, cada qual com cinco alternativas, sendo apenas uma correta.

Artigo 8º – As questões da prova de Pré-seleção incluirão assuntos de diversas matérias, conforme a área em que o curso está englobado. Os programas dessas matérias fazem parte do Anexo I desta Resolução.

  • 1º – Para os candidatos aos cursos da área de Humanidades, serão apresentados 34 testes de Língua Portuguesa, 12 testes de Língua Inglesa e 34 testes de Conhecimentos sobre Cultura Contemporânea.

 

  • 2º – Para os candidatos aos cursos da área de Ciências Exatas, serão apresentados 24 testes de Língua Portuguesa, 12 testes de Língua Inglesa, 22 testes de Conhecimentos em Matemática e 22 testes de Conhecimentos em Física.
  • 3º – Para os candidatos aos cursos da área de Ciências Biológicas, serão apresentados 24 testes de Língua Portuguesa, 12 testes de Língua Inglesa, 22 testes de Conhecimentos em Genética e 22 testes de Conhecimentos em Bioquímica.

IV – Da Classificação e da Convocação para a segunda etapa da Seleção

Artigo 9º – A cada candidato será atribuída uma pontuação entre zero e oitenta, conforme o número de acertos na prova de Pré-seleção. De acordo com esta pontuação, os candidatos serão classificados em ordem decrescente.

  • 1º – Será considerado inabilitado e desclassificado todo o candidato que obtiver pontuação nula em qualquer uma das matérias em que tiver sido avaliado, nos termos do art. 8º e seus

parágrafos.

  • 2º – Serão desclassificados os candidatos às vagas da Escola de Engenharia (São Carlos) que não obtiverem um mínimo de 50% do total dos pontos possíveis na prova da primeira etapa.
  • 3º – Serão desclassificados os candidatos às vagas da Escola Politécnica (São Paulo) que não obtiverem um mínimo de 30% dos 80 pontos possíveis na prova.
  • 4º – Serão desclassificados os candidatos às vagas do Instituto de Física (São Paulo) que não obtiverem um mínimo de 40% do total dos pontos possíveis nas provas de Conhecimentos em Matemática e Física.
  • 5º – Serão desclassificados os candidatos às vagas do Instituto de Física (São Carlos) que não obtiverem um mínimo de 40% do total dos pontos possíveis nas provas de Conhecimentos em Matemática e Física.
  • 6º – Serão desclassificados os candidatos às vagas do Bacharelado em Matemática e Licenciatura em Matemática do Instituto de Matemática e Estatística (São Paulo) que não obtiverem um mínimo de 30% do total dos pontos possíveis na prova de Conhecimentos em Matemática.
  • 7º – Serão desclassificados os candidatos às vagas do Bacharelado em Matemática Aplicada e Bacharelado em Matemática Aplicada e Computacional do Instituto de Matemática e Estatística (São Paulo) que não obtiverem um mínimo de 50% do total dos pontos possíveis na prova de Conhecimentos em Matemática.
  • 8º – Serão desclassificados os candidatos às vagas do Bacharelado e Licenciatura em Química, do Instituto de Química (São Paulo) que não obtiverem um mínimo de 40% do total de pontos possíveis.
  • 9º – Serão desclassificados os candidatos às vagas de Geofísica, do Bacharelado em Astronomia e do Bacharelado em Meteorologia, do Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (São Paulo) que não obtiverem, no conjunto das provas de Conhecimentos em Física e Matemática, um mínimo de 30% dos pontos possíveis.

Artigo 10 – Entre os concorrentes a cada curso, serão convocados para a Seleção os habilitados e melhores classificados na primeira fase, à razão de 3 (três) candidatos por vaga disponível, exceção feita aos cursos de Artes Cênicas, Artes Visuais, Música (São Paulo) e Curso Superior do Audiovisual, da Escola de Comunicações e Artes, bem como o Curso de Música (Ribeirão Preto), da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, nos quais serão classificados, na primeira fase, 8 (oito) candidatos por vaga disponível.

  • 1º – Nos cursos em que a quantidade de candidatos habilitados não atingir a relação indicada neste artigo, serão convocados para a Seleção todos os candidatos habilitados.
  • 2º – Está assegurada a convocação, para cada um dos cursos que participam do processo de transferência, de todos os habilitados que tiverem a mesma pontuação do último classificado.

V – Da segunda etapa da Seleção e da Matrícula dos aprovados

Artigo 11 – Na elaboração dos respectivos editais, as Unidades da USP, que participam do concurso de transferência, deverão privilegiar as suas especificidades para a seleção dos novos alunos que irão preencher as vagas disponíveis.

  • 1º – As Unidades poderão livremente estabelecer a documentação necessária para a Seleção, o número e a modalidade das provas, os critérios de aprovação, bem como seus programas, que poderão ou não ser relativos aos semestres anteriores àquele em que a vaga existe.
  • 2º – As Unidades também estabelecerão a regra sobre o aproveitamento, ou não, da pontuação obtida na Pré-seleção para compor a nota final, bem como, em caso positivo, do peso a ela atribuída.
  • 3º – Em observância ao § 2º do art. 78 do Regimento Geral da Universidade de São Paulo, no exame de seleção, em caso de empate entre candidatos à transferência, o aluno da USP terá preferência sobre os de outras instituições de ensino superior.

Artigo 12 – A matrícula dos aprovados será efetuada no 2º semestre de 2015 ou no 1º semestre de 2016, conforme dispostas as vagas disponibilizadas pelas Unidades.

Artigo 13 – A aprovação nos exames de Seleção não dispensará o matriculado da análise da equivalência entre as disciplinas cursadas na escola de origem e as disciplinas do curso da USP, para efeito de adaptação curricular, nos termos do disposto no art. 79 do Regimento Geral da USP.

  • 1º – Se o ingressante tiver sido examinado, na Pré-seleção ou na Seleção do Exame de Transferência, em disciplina(s) específica(s) do curso da USP, a nota mínima 5 (cinco) na(s) referida(s) disciplina(s) servirá como prova de suficiência, ficando o aluno dispensado de cursá-la(s), a critério da Unidade.
  • 2º – Na(s) disciplina(s) que não tiverem sido objeto de prova, a Comissão de Graduação da Unidade receptora do aluno, ouvidos os Departamentos, poderá considerar existente a equivalência, ou exigir prova, com nota mínima de aprovação 5 (cinco), ou, em último caso, exigir que se curse(m) a(s) disciplina(s).

Artigo 14 – As vagas dos cursos de Bacharelado em História, Bacharelado em Ciências Sociais e Bacharelado em Filosofia, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas; e do curso de Licenciatura em Ciências – modalidade semipresencial (EAD) da Pró-Reitoria de Graduação serão colocadas em exame de transferência diretamente nas Unidades, regendo-se as provas, por quanto dispuserem as Unidades, em edital próprio. A relação das vagas mencionadas consta do Anexo III.

Artigo 15 – Esta Resolução entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário (Processo 2014.1.23100.1.5).

 

vagas humanas vagas-exatas vagas-biologia

 

ANEXO I

PROGRAMA DAS MATÉRIAS

LÍNGUA PORTUGUESA (HUMANAS, EXATAS, BIOLÓGICAS)

A prova de Língua Portuguesa visa avaliar as competências e as habilidades dos candidatos quanto à compreensão e à interpretação de textos diversos, bem como o domínio das normas da língua escrita padrão (culta).

As questões versarão sobre os diversos níveis de significação dos textos dados e sobre os seguintes tópicos gramaticais e discursivos da língua portuguesa.

  1. Norma ortográfica.
  2. Flexão nominal e verbal.
  3. Emprego e colocação de pronomes.
  4. Correlação dos tempos e modos verbais.
  5. Concordância nominal e verbal.
  6. Regência nominal e verbal.
  7. Coesão e coerência textuais.
  8. Recursos expressivos fônicos, morfológicos, sintáticos e semânticos.
  9. Aspectos da organização de textos de gêneros diversos.
  10. Estrutura e formação de palavras.
  11. Variação linguística do português.

 

LÍNGUA INGLESA (HUMANAS, EXATAS, BIOLÓGICAS)

– O exame tem por objetivo avaliar a capacidade de compreensão de textos autênticos em língua inglesa, cujo grau de dificuldade seja compatível com as exigências de compreensão da língua estrangeira em nível de graduação. Os textos abordarão temas variados da realidade política, acadêmica, econômica e cultural do mundo contemporâneo. Poderão ser utilizados textos científicos, literários, de divulgação, jornalísticos ou publicitários.

As questões terão como meta principal medir a capacidade do candidato em inferir, estabelecer referências e promover relações entre textos e contextos, orações e frases. Nesse particular, serão prioritariamente tratados os aspectos gerais pertinentes ao tema, estrutura e propriedade dos textos. Nesse sentido, poderão ser formuladas questões a partir de expressões e frases que sejam relevantes para a compreensão do texto.

Na medida de sua importância, para a compreensão dos textos, será exigido também o reconhecimento de vocabulário e de elementos gramaticais básicos.

CULTURA CONTEMPORÂNEA (HUMANAS)

  1. A crise do sistema feudal e a emergência do capitalismo mercantil.

1.1. A ampliação dos horizontes físicos e mentais do homem europeu.

1.2. A geografia do capitalismo.

  1. A primeira planetarização de atividades humanas.

2.1. A formação das monarquias absolutistas e do Estado Moderno.

2.2. A América portuguesa na construção do sistema colonial da era moderna.

2.3. Os Núcleos de ocupação e a marcha da colonização no Brasil.

  1. A grande crise de paradigmas: reforma e renascimento.
  2. A crise do Antigo Regime.

4.1. Nações e construção dos Estados nacionais.

4.2. Brasil no contexto da independência dos Estados latino-americanos.

  1. A Revolução industrial e o triunfo da sociedade de classes.

5.1. Competição capitalista e imperialismo.

5.2. Apogeu e crise da sociedade escravista no Brasil.

5.3. Estradas e ferrovias na formação do território brasileiro.

  1. A burguesia conquista o mundo.

6.1. O império do progresso: os Estados Unidos da América.

6.2. O Brasil: da monarquia à República.

6.3. O limiar da industrialização no Brasil.

  1. A primeira Guerra Mundial e o fim da era das certezas.

7.1. Crises, revoluções e totalitarismos na Europa.

7.2. O Brasil da hegemonia cafeeira.

7.3. A Modernização da rede urbana brasileira.

  1. Da paz armada à Segunda Grande Guerra.

8.1. A nova ordem mundial e a grande crise econômica.

8.2. A formação das metrópoles brasileiras.

8.3. O Estado e nação no Brasil de Getúlio Vargas.

  1. A guerra fria e a competição entre superpotências.

9.1. Descolonização, competição tecnológica e terceiro-mundismo.

9.2. Desenvolvimentismo e autoritarismo na América Latina.

9.3. Industrialização e modernização da agricultura no Brasil.

  1. A globalização como face visível do caos.

10.1. Globalização e divisão internacional do trabalho.

10.2. Mundialização da economia e as empresas transnacionais.

10.3. Circulação financeira internacional e a crise das economias periféricas.

10.4. Relações centro-periferia no mundo contemporâneo.

  1. Os novos padrões culturais.

11.1. Urbanização, metropolização e novas identidades culturais.

11.2. Sociedade de massas e os novos atores sociais no Brasil.

11.3. Mundialização da cultura: novas tecnologias e fluxos de informações.

11.4. Questão nacional no mundo contemporâneo.

  1. Geopolítica contemporânea.

12.1. A Formação dos blocos econômicos: União Europeia, Mercosul e ALCA.

12.2. A questão ambiental: conferências e acordos internacionais.

12.3. As redes informacionais e a questão da liberdade.

 

BIOQUÍMICA (BIOLÓGICAS)

  1. Noções de pH e sistemas-tampão.
  2. Aminoácidos: propriedades gerais.
  3. Proteínas: isolamento, purificação, estrutura e função. Proteínas transportadoras de oxigênio.
  4. Enzimas: modo de ação, inibição, controle alostérico.
  5. Estrutura e função de vitaminas e coenzimas.
  6. Carboidratos e lipídeos: estrutura.
  7. Membranas biológicas: composição química, estrutura e propriedades.
  8. Bioenergética: conservação de energia na célula; conceito de catabolismo e anabolismo.
  9. Glicólise.
  10. Ciclo dos ácidos tricarboxílicos (ciclo de Krebs).
  11. Cadeia de transporte de elétrons e fosforilação oxidativa.
  12. Via das pentoses.
  13. Biossíntese e degradação de glicogênio.
  14. Gliconeogênese.
  15. Síntese e degradação de ácidos graxos.
  16. Destino do nitrogênio dos aminoácidos: transaminases e ciclo da ureia.
  17. Integração e controle das vias metabólicas: controle hormonal e controle alostérico.
  18. Moléculas da hereditariedade, fluxo da informação genética.
  19. DNA: estrutura, replicação e reparo.
  20. RNA: estrutura, transcrição e processamento.
  21. Síntese de proteínas.
  22. Controle da expressão gênica.
  23. Noções gerais sobre a tecnologia do DNA recombinante: enzimas de restrição; clonagem de genes.

 

GENÉTICA (BIOLÓGICAS)

  1. Divisão celular: mitose; meiose e gametogênese.
  2. Herança autossômica dominante.
  3. Herança autossômica recessiva e consanguinidade.
  4. Extensão da herança Mendeliana: interação gênica; alelos múltiplos, variações da dominância, penetrância e expressividade.
  5. Herança multifatorial ou poligênica.
  6. Herança mitocondrial.
  7. Determinação do sexo, inativação do cromossomo X e herança ligada ao cromossomo X.
  8. Ligação gênica, permutação e mapeamento cromossômico; recombinação genética em bactérias.
  9. Estrutura e funcionamento dos genes.
  10. Do gene ao fenótipo: mutação gênica e bases moleculares da herança.
  11. Mutações cromossômicas numéricas e estruturais.

 

MATEMÁTICA (EXATAS)

  1. Funções

Composição e inversão de funções. Funções básicas: funções polinomiais (grau, número e multiplicidade de raízes, divisão por um binômio da forma x-a, raízes complexas conjugadas); função valor absoluto; funções trigonométricas e suas inversas; funções racionais; funções exponenciais e logarítmicas. Equações e inequações envolvendo funções básicas.

  1. Limites e Continuidade

Noção intuitiva de limite (finito e infinito). Propriedades algébricas. Cálculo de limites. Teorema do Confronto. Funções contínuas: definição e principais propriedades. O teorema do anulamento.

  1. Derivadas

Definição e interpretações físicas e geométricas da derivada. Retas tangentes e normais a um gráfico. Derivadas das funções básicas. Regras de derivação para soma, produto e quociente. Regra da cadeia. Derivada da função inversa. Aplicações da derivada ao estudo da variação das funções: crescimento e decrescimento, máximos e mínimos; concavidade e pontos de inflexão. Esboço de gráficos.

  1. Integral de Riemann

Definição de Integral. Teorema Fundamental do Cálculo. Cálculo de integrais imediatas. Aplicações.

 

FÍSICA (EXATAS)

As questões de Física versarão sobre os tópicos clássicos de uma disciplina de Física I, como são comumente designados os conteúdos introdutórios da mecânica newtoniana e que incluem em seus requisitos habilidades operacionais desenvolvidas nas disciplinas, também introdutórias, de Cálculo Diferencial e Integral I e de Vetores e Geometria, contextualizadas no programa de um curso de Física Básica.

1 Cinemática

1.1 Posição e deslocamento.

1.2 Velocidade e aceleração escalares e vetoriais, médias e instantâneas; suas representações gráficas.

1.3 Movimentos retilíneo uniforme e uniformemente variado; suas equações.

1.4 Movimentos com aceleração dependente do tempo.

1.5 Movimento em duas e três dimensões: movimento de projéteis, movimento circular uniforme e movimento relativo.

2 Dinâmica: Leis de Newton, Momento Linear

2.1 As três Leis de Newton.

2.2 As aplicações das Leis de Newton.

2.3 As forças da natureza.

2.4 A força de atrito.

2.5 O momento linear e sua conservação; centro de massa.

2.6 O momento linear de um sistema de partículas e sua conservação.

3 Trabalho e Energia; Colisões

3.1 Trabalho de uma força constante e de uma força variável.

3.2 Potência.

3.3 Energia cinética, potencial e mecânica.

3.4 Relação trabalho e energia.

3.5 Trabalho de forças conservativas e não conservativas.

3.6 Conservação da energia.

3.7 Colisões elásticas e inelásticas em uma e duas dimensões.

4 Rotações

4.1 Variáveis da rotação.

4.2 Energia cinética de rotação.

4.3 Momento de inércia.

4.4 Torque.

4.5 Rolamento.

4.6 Momento angular.

4.7 Segunda Lei de Newton da rotação.

4.8 Momento angular de um sistema de partículas.

4.9 Momento angular de um corpo rígido que gira em torno de um eixo fixo.

4.10 Conservação do momento angular.


3 (três) vagas para o 4º semestre do Curso de Bacharelado em Educação Física e Esporte de RP, com início no 2º semestre de 2015.

GET_0620ESCOLA DE EDUCAÇÃO FÍSICA E ESPORTE DE RIBEIRÃO PRETO
ABERTURA DE INSCRIÇÕES PARA A SEGUNDA ETAPA DO

PROCESSO SELETIVO DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA PARA A EEFERP/USP DE ALUNOS REGULARMENTE MATRICULADOS EM CURSOS DE GRADUAÇÃO RECONHECIDOS PELO MEC.

EDITAL DE TRANSFERÊNCIA EXTERNA 2015 – 2º semestre

A Diretora da Escola de Educação Física e Esporte de Ribei- rão Preto da Universidade de São Paulo (EEFERP/USP), no uso de suas atribuições legais, com base nos critérios aprovados “ad referendum” pela Comissão de Graduação em 2 de março de 2015 e da Congregação em 9 de março de 2015, torna público aos interessados que dispõe de 3 (três) vagas para o 4o semestre do Curso de Bacharelado em Educação Física e Esporte, com início no 2o semestre de 2015.

I – DA INSCRIÇÃO

1. – As inscrições para a segunda etapa do processo de sele- ção, com a finalidade de Transferência Externa para o curso de bacharelado em Educação Física e Esporte da EEFERP/USP, com vistas ao preenchimento de 03 (três) vagas, estarão abertas, nos dias 21 e 22 de maio de 2015, das 8h às 12h e das 13h às 17h, no Serviço de Graduação da Escola de Educação Física e Esporte de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, situada na Av. Bandeirantes, 3900, Campus da USP, Monte Alegre, CEP 14040- 907, Ribeirão Preto, SP, Fone (16) 3602-0523.

2. – Poderão se inscrever os candidatos regularmente matriculados nos cursos de graduação de Instituições de Ensino Superior reconhecidas pelo MEC e convocados pela FUVEST após o exame de pré-seleção.

3. – As inscrições serão efetuadas mediante a apresentação dos seguintes documentos:

3.1. – Requerimento de transferência, dirigido ao Diretor da Unidade (disponível no site http://www.eeferp.usp.br – Graduação – Transferência);

3.2 – Fotocópia simples do RG, acompanhada do original para conferência ou fotocópia autenticada. No caso de estran- geiro, cópia do RNE ou passaporte com visto temporário devida- mente regularizado, acompanhado do original para conferência ou fotocópia autenticada;

3.3. – Histórico escolar, acompanhado do original para conferência ou fotocópia autenticada (contendo notas e carga horária das disciplinas);

4. A entrega de todos os documentos se dará somente no ato da inscrição. Não será permitida a apresentação posterior de qualquer outra documentação.

5. – Excepcionalmente, os interessados poderão enviar, por meio de Serviço Postal, com Aviso de Recebimento (AR), os documentos referidos no item I, 3 supra. Nesse caso, no tocante ao item I, 3.2, apenas será aceita a fotocópia autenticada do documento de identidade.

6. – Em caso de inscrições feitas por procuração, o procu- rador deverá apresentar cópia do RG acompanhada do original para conferência.

7. – Serão deferidas somente as inscrições que obedecerem todas as exigências previstas no presente Edital.

II – DO CRONOGRAMA
1. – 21 e 22 de maio de 2015: inscrições;

2. – 9 de junho de 2015: divulgação das inscrições deferidas;

3. – 26 de junho de 2015: prova de seleção;

4. – 14 de julho de 2015: divulgação do resultado da prova de seleção;

5. – 17 de julho de 2015: entrevista e análise do históricoescolar;

6. – 23 de julho de 2015: divulgação do resultado final;

7. – 30 de julho de 2015: matrícula dos candidatos aprovados, no Serviço de Graduação da EEFERP/USP.

7.1. – No ato da matrícula os candidatos deverão apresentar os seguintes documentos:

a) – Certidão de nascimento (fotocópia – 1 via);

b) – Certificado de conclusão do ensino médio ou equivalente e respectivo histórico escolar (fotocópia – 1 via) acompa- nhados dos originais;

c) – Atestado ou declaração de matrícula onde constem as seguintes informações: curso, ano ou semestre em que o aluno se encontra matriculado, duração e reconhecimento do curso pelo MEC.

d) – Cédula de identidade (fotocópia – 1via);

e) – Documento militar dos candidatos do sexo masculino (fotocópia – 1 via);

f) – Título de eleitor (fotocópia – 1 via);

g) – Uma foto 3×4 recente.

III – DA PROVA DE SELEÇÃO E DOS CRITÉRIOS DE APROVAÇÃO

1. – O resultado da primeira etapa, realizada pela FUVEST, não será utilizado no cômputo da nota final da segunda etapa. 2. – A segunda etapa do processo seletivo, realizada pela própria EEFERP/USP, constará de Fase eliminatória e Fase classificatória.

2.1. – Fase eliminatória:
a) Constará de uma prova escrita, com questões relativas às referências bibliográficas anexas a esse edital (ANEXO I). A prova terá duração de 2 (duas) horas e será realizada no dia 26 de junho de 2015, às 8 horas, na sala 5, bloco 2, na EEFERP-USP.

a.1) – Serão aprovados para a fase seguinte o número máxi- mo de três candidatos por vaga disponível no presente edital;

a.2) – Os candidatos deverão obter nota mínima 5,0 (cinco) para serem aprovados para a fase seguinte.

2.2. – Fase classificatória:

a) – Constará de entrevista e análise do histórico escolar a ser realizada no dia 17 de julho de 2015, às 15 horas, na sala 5, bloco 2, na EEFERP-USP, por comissão designada pela Comissão de Graduação. Para esse item, uma nota entre 0,0 (zero) e 10,0 (dez) será atribuída ao candidato;

b) – A sequência das entrevistas seguirá a ordem da lista de aprovados na fase eliminatória, a ser divulgada até o início dos trabalhos da fase classificatória;

c) – A nota final do candidato será representada pela média aritmética das notas obtidas na prova escrita, na entrevista e na análise curricular;

d) – Serão considerados aprovados os candidatos que obti- verem nota final mínima 5,0 (cinco).

3. – São critérios de classificação e desempate:

3.1. – Em observância ao § 2o do art. 78 do Regimento Geral da Universidade de São Paulo, no exame de seleção, em caso de empate entre candidatos à transferência, o aluno proveniente da USP terá preferência sobre os de outras instituições de ensino superior;

3.2. – Menor índice de reprovação em disciplinas cursadas no curso de origem;

3.3. – Maior média ponderada em disciplinas cursadas no curso de origem.

IV – DISPOSIÇÕES GERAIS

1. – No caso de os documentos para inscrição, supra referi- dos, serem enviados nos termos do item I, 5, pelo Serviço Postal, a postagem deverá respeitar a data limite estabelecida para as inscrições no presente Edital.

2. – Os candidatos deverão comparecer ao local da prova, munidos de cédula de identidade.

3. – Não serão aceitos pedidos de revisão ou vistas das provas.

4. – No momento da efetivação da matrícula nesta Unidade, os alunos deverão comprovar que estão regularmente matricu- lados na Instituição de Ensino Superior de origem.

5. – Efetivadas as matrículas, os transferidos deverão soli- citar, no prazo de 3 (três) dias, a equivalência das disciplinas cursadas, mediante apresentação da documentação exigida pela EEFERP/USP.

6. – Nos termos do artigo 79 do Regimento Geral da USP, a equivalência de disciplinas não poderá ser superior a 2/3 do total de disciplinas cursadas.

7. – Excluídas as disciplinas cujas dispensas forem deferidas, o transferido ficará obrigado a fazer as demais disciplinas do curso, no semestre em que forem oferecidas.

8. – Os documentos dos candidatos não aprovados deverão ser retirados no Serviço de Graduação da EEFERP/USP até 60 (sessenta) dias após a divulgação do resultado final. Encerrado este prazo, a documentação que não for retirada será descartada para reciclagem.

9. – Todas as informações e orientações serão divulgadas no site da EEFERP e no Serviço de Graduação.

10. – Os casos omissos nestas normas serão resolvidos pela Comissão de Graduação da EEFERP.

ANEXO I
Referências Bibliográficas
BARBANTI, V.J.; AMADIO, A.C.; BENTO, J.O.; MARQUES, A.T.

Esporte e atividade física: interação entre rendimento e saúde. São Paulo, Manole, 2002.

THOMAS, J.; NELSON, J.; SILVERMAN S.J. Métodos de pes- quisa em atividade física. 5a ed., Porto Alegre: Artmed, 2007.


1 vaga para Arquitetura em São Carlos

IAUEdital da Segunda Etapa do “Programa de Transferência USP 2014-2015”, para o Curso de Arquitetura e Urbanismo do IAU – USP São Carlos

Início: 2º semestre de 2015
1 – DO NÚMERO DE VAGAS
Arquitetura e Urbanismo: 1 (uma) vaga.

2 – DA ENTREGA DE DOCUMENTOS NO SERVIÇO DE GRADUAÇÃO DO IAU

Os candidatos convocados para a segunda etapa deverão entregar no Serviço de Graduação do IAU-USP os documentos abaixo relacionados, em data a ser divulgada no site da FUVEST. Histórico Escolar contendo as notas e a carga horária das disciplinas cursadas e aprovadas;

Certificado de conclusão do Ensino Médio ou equivalente e respectivo histórico escolar (xerox – 1 via) acompanhados dos originais;

Certidão de nascimento (xerox – 1 via);
Cédula de identidade (xerox – 1 via);

CPF (xerox – 1 via);

Documento militar dos candidatos do sexo masculino (xerox – 1 via);

Título de eleitor (xerox – 1 via);

Uma foto 3 x 4 recente.

3 – DAS NORMAS DO EXAME

O exame será composto por duas provas, sendo uma teórica

e uma prática, com duração de 3 (três) horas cada. O módulo teórico será composto apenas por questões dissertativas e o módulo prático será composto por questões operativas que demandem atividades de desenho.

Será considerado aprovado o candidato que obtiver media aritmética das duas provas igual ou superior a 5,0 (cinco).

Quando o número de aprovados for superior ao número de vagas existentes, a aceitação da transferência será feita por ordem decrescente da media aritmética desta segunda fase. Em caso de empate entre candidatos à transferência, no exame de seleção o aluno da USP terá preferência em relação aos de outras Instituições, conforme §2o do art. 78 do Regimento Geral da USP. Em qualquer outro caso de empate, será aprovado o aluno que obtiver a maior nota na prova prática.

Data, horário e local da realização do exame: 12/6/2015, às 9 horas e às 14 horas, no Instituto de Arquitetura e Urba- nismo da USP, situado à Av. Trabalhado São-carlense, 400, São Carlos – SP.

O candidato deverá apresentar-se para este exame munido da via original da cédula de identidade, bem como de todo tipo de material de desenho, para tratamento em preto e branco e a cores (como grafite de várias durezas, lápis de cor, nanquim, aquarela, lápis de cera, canetas hidrográficas), e instrumentos de desenho: esquadros 45o e 60o, régua e compasso, no mínimo.

4 – DOS TÓPICOS DO EXAME

O exame abordará os seguintes tópicos:

Noções de representação arquitetônica:

O código básico de representação arquitetônica: plantas, cortes, fachadas, perspectivas axonométricas e cônicas.

Noções de desenho de observação, de memória e de criação.

Noções de desenho com instrumentos.

Noções de composição e projetação arquitetônica: Elementos básicos de articulação formal e espacial: ponto, linha, plano, superfícies e sólidos tridimensionais; cheios e vazios, justaposição, interseção, modulação, proporção e escala.

Materialidade, composição plástica e forma.

Programa arquitetônico e articulação espacial.

Noções de construção do espaço arquitetônico e urbano: Sistemas construtivos, sistemas estruturais e forma arquitetônica.

Materiais de construção no ambiente construído.

Noções básicas sobre sustentabilidade no ambiente construído.

Conhecimentos básicos de história da arquitetura e do urbanismo:

Capacidade de interpretação e reflexão crítica sobre textos de arquitetura e de urbanismo.

Noções básicas sobre arquitetura no Brasil no século XX. Noções básicas sobre processos de urbanização no Brasil.

5 – DA DIVULGAÇÃO DO RESULTADO

A divulgação do resultado será feita no dia 26/6/2015, no site do IAU: http://www.iau.usp.br/graduacao.

A partir desta data, estarão disponíveis, no Serviço de Graduação do IAU, os atestados de vagas dos candidatos aprovados, os quais deverão ser retirados até o dia 3/7/2015.

5 – DA MATRÍCULA

A matrícula deverá ser realizada no dia 13/7/2015 no Serviço de Graduação do IAU.

6 – DA EQUIVALÊNCIA DE PROGRAMAS

A solicitação de dispensa de cursar disciplinas, que deverá ser feita em uma única vez, no dia 13/7/2015 (data de matrí- cula), será apreciada após a apresentação dos programas das disciplinas cursadas com aprovação na Instituição de origem, que tenham compatibilidade com o curso de Arquitetura e Urbanismo do IAU.

A dispensa poderá ser concedida após análise dos progra- mas e posterior aprovação pela Comissão de Graduação do IAU e, eventualmente, prova de avaliação.

7 – DOS CASOS OMISSOS

Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão de Graduação do IAU.

INFORMAÇÕES:
Serviço de Graduação do IAU
Av. Trabalhador São-carlense, 400 – Centro São Carlos/SP – CEP: 13566-590
Fone: (16) 3373-9310 e 3373-9311 http://www.iau.usp.br
E-mail: iau.graduacao@sc.usp.br


Lista de aprovados da FEA-USP

Parabéns aos aprovados da FEA-USP principalmente aos nossos alunos:

1º Lugar Ciências Contábeis – Diurno – DIEGO SILVA MARTINS,

3º Lugar Ciências Contábeis – Diurno – STEPHANY FERNANDA MENESES BARBOSA,

4º Lugar Ciências Contábeis – Noturno – GUILHERME FARIAS SODRE,

5º Lugar Ciências Contábeis – Diurno – LIA CLEIMARA CALLE CABRERA,

6º Lugar Ciências Contábeis – Diurno – LAN JE CHEN.

 

1º Lugar Administração – Diurno – MARIO JIROE YOKOTA,

5º Lugar Administração – Noturno – TATIANE GAMA SANTOS.

 

1º Lugar Ciências Atuárias – Noturno – AMANDA IAMAUCHI DANTAS

TRANSFERENCIA EXTERNA – CONT- 2014-2015

TRANSFERENCIA EXTERNA – ADM – 2014-2015

TRANSFERENCIA EXTERNA – ATU – 2014-2015


Aprovados na Poli – 67% de aprovados

Parabéns aos aprovados

CAROLINA PERSON MASCHIO – Aluno GETUSSP

BERNARDO SIVIERI DE FAVERI – Aluno GETUSSP

NICHOLAS DE PAULA NICOMEDES

JOSE CARLOS BARRIQUELO JUNIOR – Aluno GETUSSP

LEONARDO TESSAROLO SILVA

RENAN FRANCA FERNANDES SA – Aluno GETUSSP

67% dos alunos aprovados são alunos GETUSSP

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 20.426 outros seguidores